Moradores das Centralidades não vão pagar dividas acumuladas numa única prestação


A Imogestin – empresa responsável pela gestão das centralidades, novas urbanizações e de vivendas públicas – refutou hoje, segunda-feira, em Luanda, as informações divulgadas por alguns meios de comunicação social que dão conta da exigência de pagamento das prestações vencidas numa única vez.

centralidade de Cacuaco

De acordo com uma nota de imprensa divulgada pela empresa, as dívidas não se extinguiriam pelo facto de não ter sido ainda exigido o seu pagamento, a partir do momento em que a imobiliária passou a gerir o processo de construção e vendas dos novos projectos habitacionais do Estado.

Publicidade

Acrescenta não ter qualquer sentido a exigência de pagamento das dívidas acumuladas numa única prestação, pelo que a Imogestin informará oportunamente os interessados sobre como e quando deverão ser pagas as prestações de 2014 e 2015.

Relativamente ao pagamento da dívida acumulada destas prestações, foi informado que não se deveriam pagar quaisquer juros, uma vez que a morosidade não era da responsabilidade dos moradores.

Quanto ao pagamento não cobrado aos moradores das cidades do Kilamba e Sequele (Cacuaco), foi referido que está em curso uma alteração do sistema de liquidação da dívida que passará a ser efectuado através do sistema ATM (Multicaixa), pelo facto de se ter detectado irregularidades no uso de talões bancários (comprovativos de pagamentos realizados anteriormente).

A nota explica que em nenhum momento foi referida na entrevista do PCA da Imogestin que iria proceder a entrega de casa, mas sim atender as reclamações, a partir de Maio, contactando os não contemplados para as devidas respostas, em conformidade com o disposto no último comunicado da administração em que dava 60 dias após a recepção da documentação.

A Imogestin reitera o compromisso de continuar a manter informada as pessoas sobre a evolução do processo de construção e vendas de habitações do Estado sob sua gestão.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *