Iinsólito: Angolano prepara o próprio funeral 30 anos antes


92 partilhas

Um caso insólito, arrepiante para muitos, ocorreu em Angola, um homem preparou durante 30 anos o seu próprio funeral. Fabricou o seu caixão e indicou o lugar no cemitério em que seria sepultado.

Iinsólito: Angolano prepara o próprio funeral 30 anos antes

João Caixão, nome que lhe foi atribuído após construir o seu próprio caixão, funcionário do cemitério do Namibe e mestre de cerimónia fúnebre, preparou há 30 anos o seu funeral. Os anos foram passando, o homem já na terceira idade, em gesto solidário ofertou a urna à família dum vizinho sem condições para realizar funeral condigno ao ente-querido.

Não demorou, construiu mais outro, em que as vezes passava lá a noite, demonstrando claramente que não teme a morte. Tal como projectou, João Caixão veio a falecer na quinta-feira passada, vítima de doença, e a enterrar com todas as honras, faltando apenas dois dias para explicar no programa Casos da Vida, porque projectava o seu próprio funeral.

A atitude incomum é tida como normal pelo psicólogo Osvaldo Manuel, tendo em conta que: ‘as pessoas são livres, gozam da liberdade para prepararem do jeito que acharem conveniente, desde que não violem/atropelem liberdade de terceiros’.

 

Por Guilherme Francisco


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

92 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *