Estudante angolano na Argélia tenta se suicidar após perder bolsa de estudo do INAGBE


Após ter perdido a bolsa de estudo atribuída pelo Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE), o jovem angolano Adnir Fernandes estudante finalista do curso de Economia, residente na cidade de Tizi Ouzou, na Argélia, tentou na passada quinta-feira (23) de Julho, por fim a sua vida, alegando estar desesperado com a situação actual que esta a viver na cidade local. 

A atitude do estudante chocou a comunidade angolana na Argélia. Segundo uma fonte próxima ao jovem que denunciou o acto, Adnir teria perdido a bolsa de estudo do INAGBE em 2019 de forma injusta, pois o mesmo atrasou-se na entrega de alguns documentos ao Sector de Apoio ao Estudantes “SEA”, o que não lhe permitiu fazer a prova de vida, e como resultado, a instituição procedeu com o corte da bolsa. O estudante começou a viver várias dificuldades e como resultado decidiu por fim de forma trágica a própria vida cortando os pulsos sete vezes e o pescoço com lâmina depois tentou se atirar de um edifício na cidade de Tizi Ousou.

Publicidade

De acordo com a mesma fonte citada pelo NJ, Adnir Fernandes que é natural do Moxico, órfã de pai e mãe, faz parte do grupo de estudantes que não recebe ajuda de nenhum familiar por falta de possibilidade financeira para custear os seus gastos e estão a ver-se obrigados a viverem nas ruas e no lixo.

Ao tomar conhecimento do assunto, a director-geral do INAGBE Milton da Silva Chivela, afirmou que o estudante já não é de responsabilidade da instituição desde 2018, pelo facto de ter perdido o direito à bolsa, e revelou que o mesmo ainda não terminou a sua licenciatura desde 2012 que encontra-se a cursar uma formação de três anos.

O director-geral lamenta o sucedido e garantiu que através da embaixada de Angola na Argélia, esta a ser feito tudo para retirada de Adnir da cidade Tizi Ouzou, onde esta hospitalizada para ser transferido para a cidade de Argel para melhor acompanhamento até que haja condições para o seu regresso ao país.

 

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *