Covid-19: Nicki Minaj excluída da Met Gala por não estar vacinada


O evento mais importante dos Estados Unidos da América que conta com a presença de figuras públicas de várias partes do mundo, a MET Gala que decorreu na noite de segunda-feira (13) de Setembro, no Museu Metropolitano em Nova York, aconteceu sem a presença da rapper Nicki Minaj, o que despertou a atenção do público. Entretanto, a cantora recorreu a sua conta de uma rede social para revelar que foi excluída do evento por  não ter tomado a vacina contra à covid-19.

Em uma publicação na sua conta oficial do Twitter, Nicki Minaj revelou que a organização da Met Gala exige o comprovativo de vacinação contra a doença, e explicou que não se vacinou, e que só o fará depois de concluir as suas pesquisas sobre o assunto.

Publicidade

Além desta, a cantora fez várias outras publicações sobre o assunto, e em uma delas, a cantora responde aos internautas que a questionavam sobre o risco que  corre, a cantora revela que já contraiu a doenças e realçou:

“Eles querem que você se vacine para o Met. Se eu me vacinar, não será pelo Met. Será uma vez que eu sentir que eu pesquisei o suficiente. Estou a trabalhar nisso agora. Enquanto isso, meus amores, fiquem seguros. Usem a máscara com as duas alças que prendem sua cabeça e rosto. Não aquela que é larga”, escreveu a cantora.

A artista criticou a obrigatoriedade de que todos os convidados para a Met Gala 2021 estivessem vacinados e, como ela mesma ainda não se imunizou, optou por ficar de fora do evento.

Além disso, Nicki contou que seu primo, não vai se vacinar porque o seu amigo que tomou a vacina imunizou e ficou impotente, com testículos inchados.

Apesar de não tomar a vacina, Nicki Minaj também apelas aos para fãs que se protejam, usem as máscaras que protegem a cabeça e o rosto.

Por: Eucadia Ferreira.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *