Girabola ZAP 2019/20: Covid-19 dá “banho de água fria” ao Petro de Luanda


98 partilhas

O clube que está há 10 anos sem vencer o principal campeonato nacional de futebol da primeira divisão, tinha nessa temporada 2019/2020, que foi hoje anulada devido o novo Coronavírus, a oportunidade de conquistar o seu 16º título, caso prevalecesse na liderança, sendo que estava na frente e só faltavam mais 5 jornadas para o término.

Petro de Luanda que liderava a corrida com 54 pontos, seguido pelo tetracampão nacional 1º de Agosto com 51 pontos, concorda com a decisão da anulação, tendo sido discutida pelos 15 clubes participantes da competição. Assim sendo, ficou também decidido que os petrolíferos e os militares vão representar o país na Liga Africana de Clubes Campeões, enquanto que do trio Interclube, FC Bravos do Maquis e Sagrada Esperança, sairá as duas formações para a Taça da Confederação, em função das respectivas possibilidades financeiras.

Publicidade

Conforme avançou Tomás Faria, o porta-voz dos clubes, durante o encontro entre membros da Federação Angolana de Futebol, que decorreu na tarde de hoje, uma das razões que leva ao cancelamento do torneio, é o fim dos contratos dos atletas, cuja maior parte expira em Maio.

“E a maior parte dos clubes fazem contrato apenas por uma época… Por isso, depois de 31 de Maio os contratos estão todos caducados e os clubes não têm condições de os renovar sem que haja uma luz no fundo do túnel sobre possível fim desta pandemia”, justificou.

O encontro entre os homens do futebol decorreu na sede da federação, na Urbanização Nova Vida, em Luanda.

Desde o surgimento da pandemia no Mundo, Angola já registou 27 casos positivos, 26 importados por cidadãos que estiveram em países com contaminação comunitária e 1 caso de transmissão local.

Conforme os dados oficiais, sete cidadãos angolanos já recuperaram da doença e dois morreram, estando o país com 18 casos activos, todos em Luanda.

Por: Garcia Alberto


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

98 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *