Depois de perder 123 milhões de dólares na bolsa, accionistas do Facebook pedem saída de Zuckerberg


241 partilhas

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, encontra-se numa fase complicada, depois de perder cerca de 123 mil milhões de dólar na bolsa, em acções da empresa, uma perca de 20%, os accionistas da empresa manifestaram-se descontente com a situação e pedem a sua saída da liderança.

 

Foram cerca de seis accionistas que manifestaram-se inquietos com a forma como o Zuckerberg tem gerido a companhia, bem como os rumos que o Facebook está a tomar. Segundo eles, a situação tem estado a agravar-se depois do escândalo do Cambridge Analytica no início deste ano, em que dados de 87 milhões de usuários da rede social foram usados de forma indevida e sem consentimento.

Publicidade

Os accionistas, pedem ainda que o Mark Zuckerberg abra mão de uma das suas posições, visto que é CEO e presidente do conselho da empresa, possui um nível de poder muito alto que o torna ‘intocável’, algo que leva os accionistas a não serem ouvidos e nem podem mostrar claramente suas preocupações sobre os recentes problemas.

Vale ressaltar, Mark Zuckerberg é co-fundador, presidente e CEO da rede social Facebook, foi listado como o quinto americano mais rico, com patrimônio de 71 mil milhões de dólares. Essa queda tira o executivo das primeiras posições e o deixa em décima primeira colocação. Actualmente, o Facebook tem 2,2 mil milhões de usuários activos e é dono de outras redes sociais como WhatsApp e Instagram.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

241 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *