Apple apresenta iPhone 12 sem carregador e fones de ouvido


A recorrência e precisão dos rumores não deixavam margem para dúvidas. A Apple apresentaria esta quarta-feira, dia 14, os seus novos topos de gama e, felizmente, a tecnológica de Cupertino não quis deixar os fãs muito mais tempo à espera.

O iPhone 12 foi anunciado pelo preço sugerido de US$ 799. Além dele, há três novos modelos Apple: iPhone 12 Mini por US$ 699; iPhone 12 Pro por US$ 999; e iPhone 12 Pro Max por US$ 1.099. As vendas começam em outubro nos Estados Unidos.

Por outro lado, a empresa removeu fones de ouvido e plugue de tomada. A partir de agora, a caixa do iPhone inclui um cabo USB-C para Lightning. Consumidores que não tiverem plugue USB-C deverão comprá-lo à parte. De acordo com a Apple, a medida foi adoptada como parte dos esforços para preservar o meio-ambiente.

O CEO da Apple, Tim Cook, destacou que o 5G só se torna realidade para muitos consumidores quando o iPhone passa a oferecer a conectividade. Já o CEO da operadora de telecomunicações Verizon, Hans Vestberg, destacou que a rede está em expansão no território americano, com novas antenas em estádios, casas de espetáculos, aeroportos e atrações turísticas, entre outros ambientes.
Diz a empresa que o download em 5G pode chegar a 4 Gb/s (Gigabits por segundo) em “condições ideais”, enquanto o upload pode chegar a 200 Mb/s (o famoso Mega).

No que diz respeito ao desempenho, a Apple adiantou que o iPhone 12 inclui o A14 Bionic. A empresa diz que o processador em questão é “o mais poderoso alguma vez integrado num smartphone”, apontando para os 11.8 mil milhões de transístores. Neste ponto, a tecnológica de Cupertino refere que o CPU e o GPU são 50% mais rápidos do que o antecessor.

iPhone 12 e o iPhone 12 Mini estarão disponíveis no mercado em cinco cores diferentes: preto, branco, azul, verde e vermelho.

iPhone 12 chegará ao mercado no dia 23 de outubro e a pré-venda arranca esta sexta-feira, dia 16. Já o iPhone 12 mini chegará no dia 13 de novembro.

O iPhone 12 Pro tem tela de 6,1 polegadas. A maior tela já vista num telefone da Apple está no iPhone 12 Pro Max: são 6,7 polegadas. A fabricante explicou que foi possível aumentar o display ao reduzir as bordas do smartphone, quando comparado com o iPhone 11 Pro Max, lançamento de 2019.

Ambos contam com melhorias na captura de imagens, sistema de câmeras refeito e compatibilidade com novos padrões, inclusive o Dolby Vision. O sensor da câmera wide está 47% maior.

São quatro opções de cor: prata, grafite, dourado e azul. Clientes poderão escolher entre três capacidades de armazenamento: 128 GB, 256 GB e 512 GB. A Apple optou por acabar com a versão de 64 GB.

O iPhone 12 Pro estará disponível para pré-compra no dia 16 de outubro, com venda no dia 23 e o iPhone 12 Pro Max no dia 6 de novembro para chegar no dia 13.

PUB

Gostou? Partilhe com os teus amigos!

Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  1. Muitissimo bem obrigado, pela força que tem a iPhone continuem a liderar o mercado. EU preciso do iPhone 12 pro max.