Vítimas mortais da “Caipirinha do Azar” deixam 36 órfãos


As 13 vítimas mortais da bebida caseira “Caipirinha do Azar”, deixaram 36 órfãos, sendo que o grupo de malogrados estava composto tmabém por pais de família.

A morte bateu as portas de Viana e levou consigo pais, filhos, irmãos e amigos de uma família tendo deixado órfãos e viúvas. O numero de órfãos foi contabilizados pelo portal O País, em entrevistas concedidas pelos familiares das vítimas.

Publicidade

Deste modo as vítimas que deixaram os órfãos foram: Dois irmãos na rua 4 da Caop A, onde Aguinaldo deixou 4 filhos e Gaspar 7, na mesma rua Manuel deixou 4 filhos, na rua 5, Lourenço João ex-combatente deixou 10 filhos, Maria Francisco única mulher entre as vítimas que vendia bolinho frito na porta de casa para o sustento deixou 4 filhos, na rua 7, Cristovão deixou 3 filhos e por último Argão deixou 4 filhos.

Por: Ester Mendes


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *