SIC detém pastor sob acusação de ter abusado sexualmente de duas fiéis


Um pastor da denominada Igreja Coligação Cristã em Angola foi detido nesta terça-feira (13) de Abril, na província de  Benguela, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por alegadamente ter abusado sexualmente de duas fiéis, mãe e filha.

De acordo denuncias de populares, o líder religioso, solteiro, de 49 anos, terá  se aproveitado das vítimas de 42 e 25 anos de idade, respectivamente, durante dois anos.

De acordo com o  Serviço de Investigação Criminal, o pastor coagiu as duas vítimas a assinarem uma declaração em que se comprometiam em entregar à igreja cinco milhões e quatro centos mil kwanzas, resultante da venda de uma residência, um contentor de 40 pés, quatro terrenos localizados em diversos bairros do município de Benguela e ainda mobílias diversas.

Publicidade

Por tais actos constituírem crimes de coação grave, concorrido por burla qualificada e abuso sexual com penetração, todos previstos e puníveis no Código Penal vigente, o SIC deteve o cidadão em causa no interior da igreja, tendo ainda resgatado uma das cidadãs que lá se encontrava por coação há mais de dois anos.

O religioso, já detido, aguarda pela acção do Ministério Público para  trâmites processuais.

Por: Alexandre Carvalho


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *