Mulher mais alta do mundo realiza o sonho de viajar de avião pela primeira vez: -“Com toda certeza não será o último”


Rumeysa Gelci, considerada a mulher mais alta do mundo, realizou o sonho de voar pela primeira vez, e ainda numa rota bastante longa. Com 2 metros e 15 centímetros e detentora actual do recorde mundial, precisou viajar da Turquia para os EUA, onde participaria de um evento do livro ‘Guinness dos Recordes Mundiais’.

Foto: Reprodução Instagram (Rumeysa Gelci)

A mulher tem a chamada Síndrome de Weaver, que faz com que a pessoa cresça de maneira mais rápida e além do normal. Rumeysa Gelci consegue andar por algum tempo com ajuda, mas na maioria das vezes tem que usar uma cadeira de rodas. Para sair de Istambul a São Francisco, contou com a ajuda da ”Turkish Airlines”, que adaptou um avião Boeing 777-300ER na rota entre as duas cidades.

A configuração interna padrão tem 9 assentos por fileira na económica, divididos em três blocos com três poltronas cada. No entanto, nas últimas três fileiras, devido ao achatamento do final da fuselagem, são sete assentos, sendo um bloco com duas poltronas nas janelas. E foi neste bloco das janelas que adaptaram uma cama para Rumeysa.

Os encostos dos assentos foram reclinados totalmente para frente e a cama foi colocada em cima com vários apoios, inclusive com uma mesinha para que ela pudesse desfrutar do serviço de bordo.

“Este foi meu primeiro voo, mas com toda certeza não será o último. De agora em diante, eu estarei muito honrada e feliz em voar para diferentes partes do mundo com a Turkish Airlines. Fico de coração quente e agradecida a cada pessoa que me ajudou nessa jornada, que durou 19 horas no total, muito obrigado”, afirmou a recordista na sua página oficial do Instagram.