Influenciadora angolana passa por situação constrangedora ao ser obrigada a ‘prender’ o cabelo para tratar o B.I.


A jovem influenciadora digital angolana, Joelsia Quiuma, usou as redes sociais nesta quinta-feira, 26 de Maio, para fazer uma denúncia pública, após passar por uma situação constrangedora onde foi obrigada a ‘prender’ o cabelo natural, para poder tratar o Bilhete de Identidade.

Indignada com a situação, a jovem que possui um cabelo crespo e longo, explicou através da sua conta no Instagram, que um dos responsáveis pelo serviço de identificação exigiu que a mesma prendesse o cabelo para poder fazer a fotografia que deve constar no documento.

“Em pleno 2022 tenho que ouvir o responsável pelo serviço de identificação na SIAC-MARCONI dizer que tenho que “amarrar” o cabelo porque simplesmente acha que deve ser assim”, explicou Joelsia.

Joelsia Quiuma, acrescentou ainda, que durante a sua explanação o responsável justificou que tal imposição surge porque fazer o uso do cabelo solto é considerado como uma artimanha.

“Usar o cabelo solto agora é uma ‘artimanha’. Com inúmeras coisas para fazer e se preocupar, ainda temos que lidar com pessoas que ocupam cargos só porque devem ocupar. Isso é uma denúncia pública! Quero ver se a inspeção vai dar ouvidos”, acrescentou.