Distinguida com 17 valores, estudante angolana carece de ajuda para conclusão dos estudos


A jovem angolana Adriana David Vidal Alberto, estudante Técnica Média de Petroquímica), do Instituto Médio politécnico do Lobito, carece de ajuda para dar continuidade a sua formação em uma das universidades em Moscovo, na Rússia, na qual concorreu para uma bolsa de estudo e venceu. 

Ao ser distinguida com a classificação média de 17 valores, no ensino médio no curso de Petroquímica, Adriana ganhou uma bolsa de estudo da Embaixada Russa, para dar continuidade a sua formação numa das melhores instituições da Rússia, isto na “Universidade de Petróleo e Gás” de Moscovo. Porém essa bolsa é sem subsídio de sobrevivência e para que a mesma consiga se manter no referido país precisa de uma ajuda de custos.

Publicidade

Por questões financeiras, e estando os seus pais desempregados, a jovem vê-se impossibilitada de partir para a referida terra e apela por apoio para poder viajar até ao dia 15 do mês em curso. A mesma carece de passagem, aquisição de um cartão VISA, seguro de saúde e um subsídio para fase de adaptação.

Já tendo recorrido a várias instituições públicas e privadas, inclusive aos Ministérios da Educação e do Ministério do Ensino Superior, onde não teve sucesso, a jovem sonhadora afirma que sempre foi uma apreciadora e buscadora de conhecimentos, e espera um dia poder contribuir para o crescimento científico e social do país.

Com a situação actual que o país e o mundo atravessa por conta da Covid-19, Adriana teve que usar os valores que guardava para o viagem por conta de um câncer de mama que enfrentou. A jovem conta que conseguiu até ao momento frequentar as aulas de forma online para fechar com excelência o ano zero (2020-2021). Embora tenha concluído com êxito esta fase, o ensino presencial é obrigatório.

Adriana David, já participou e venceu os concursos da Feira Provincial de Inventores na cidade de Benguela, e da Feira Nacional do Ensino Técnico-Profissional (FENATEC) organizado pelo Ministério da Educação edição 2019.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  1. E como fazer para contactar a jovem estudante? publiquem os contactos telefonicos