De zungueira à professora e psicóloga clínica: O inspirador percurso profissional de Mizé


Fernanda Migi é uma mulher persistente, que corre atrás dos seus objectivos e que com uma “garra” que representa bem a típica mulher angolana. Há uma década e meia, Mizé , como é mais conhecida, era uma mulher zungueira que comercializava livros e carregava consigo o sonho de ter uma vida melhor, uma profissão diferente e que sabia que com o esforço necessário seria capaz de lá chegar. Actualmente, é psicóloga clínica e professora do ensino de base.

Em 2006, foi entrevistada para constar do livro “Zunga não Rima com Asfalto”, produzido e editado pelo Jornal de Angola e nesta mesma época mantinha o desejo de aumentar as habilitações literárias, tendo para isso feito uma poupança resultante dos pequenos lucros que obtinha das vendas feitas na Baixa de Luanda.

Publicidade

Ao Jornal de Angola, Fernanda contou que apesar dos constrangimentos da profissão e da inexperiência inicial, nunca sentiu vergonha de zungar e que o contacto permanente com os livros que vendia, os quais acabava por ir lendo, e o apoio das amigas que trabalhavam num centro infantil, fez com que quisesse ir mais além e chegasse onde chegou. A lida diária com os livros criou-lhe paixão pela leitura e os estudos. A actividade que era praticada a prior para garantir o seu sustento, posteriormente servia também para custear a sua formação académica.

Após 15 anos, Fernanda Migi é agora psicóloga clínica e professora do ensino de base, na escola 1.116, no Distrito Urbano da Maianga.

J.A

Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *