Covid-19: Mota-Engil promove várias acções no âmbito do combate à pandemia em Angola


No âmbito da responsabilidade social, a construtora de origem portuguesa Mota-Engil, tem apoiado o Governo de Angola, no combate à pandemia que se alastrou por todo o mundo, com doação de equipamentos, distribuição diária de 80 a 100 mil litros de água e recentemente reabilitou o Edifício do Bloco C do Hospital Psiquiátrico de Luanda, numa iniciativa que teve arranque no início a 3 de Abril e vai prolongar-se até ao final do Estado de emergência decretado em Angola.

A Mota-Engil, entregou ainda a Direção do Ministério da Saúde, cerca de 3 mil fatos de protecção descartáveis, 1000 máscaras e 50 viseiras faciais produzidas na província de Cabinda através de impressão 3D, procurando contribuir para a protecção dos valorosos profissionais de saúde que diariamente prestam cuidados de saúde em prol dos cidadãos. Estes equipamentos de EPI deverão ser disponibilizados pelos profissionais dos vários hospitais do país a muito breve prazo. 

Publicidade

Além da doação de equipamento, a empresa reabilitou o Edifício do Bloco C do Hospital Psiquiátrico de Luanda, destinado ao diagnóstico e tratamento da pandemia de Covid-19, em paralelo com a distribuição diária de 80 a 100 mil litros de água potável a vários municípios de Luanda, como Cazenga, Molevos, Benfica, Kapalanga e Futungo. 

A obra teve um prazo de execução de 6 semanas, metade das quais passadas durante o período de emergência. A área coberta intervencionada foi de 550 m2, tendo estado presentes 60 operários, os quais foram além do seu dever profissional, através da sua rapidez de execução, com benefícios directos para a comunidade local. 

De ressaltar que a Mota-Engil, tem dado apoio às províncias de Luanda e Cabinda, onde, actualmente, se encontram em construção os Hospitais que irão garantir um maior e melhor acesso à saúde no país.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *