Cancelamento de voo da TAAG cria transtornos aos passageiros


Após cancelamentos de voo da TAAG de Luanda para Lisboa, nesta quarta-feira, 28 de Setembro, por alegado problema técnico numa das aeronaves, vários passageiros viram-se obrigados a regressar às suas residências, enquanto alguns permaneceram no local com esperança ver a situação resolvida.

Foto: Reprodução Instagram

Mediante algumas reclamações de alguns passageiros pelas redes sociais, que alegam que a companhia de bandeira terá informado na ocasião, que alguns utentes em trânsito teriam de ficar no aeroporto para serem levados até uma hospedaria, enquanto os passageiros de Luanda foram orientados a regressar às suas casas, com a promessa de a instituição iria contactar cada tripulante para remarcar o próximo voo.

Mas, até ao momento, os passageiros não têm informações sobre o próximo voo, incluindo os que estavam em trânsito.

Dentre vários relatos descontentes destacam-se: “A TAAG foi responsável ao agir de tal maneira de modo a salvaguardar as vidas das pessoas que teriam embarcado naquele voo. O único erro é não ter dado o acompanhamento devido aos passageiros que viram as suas viagens frustradas por conta dos problemas técnicos da aeronave”; “Pelo menos os passageiros que faziam escala, mereciam um tratamento diferente, sei bem o transtorno que causa o cancelamento de um voo, mais os funcionários devem ser responsáveis e saber lidar com a situação”; “Aviões da TAAG em perfeitas condições estão se transformando em cargueiros, essas latas velhas é que transportam passageiros por isso acontece coisas do género. Para salientar que esses aviões não são da companhia TAAG são alugados” pode se ler alguns comentários pelas redes sociais.