Quantcast

Após 31 anos de luta, Dona Luzia ganha uma cadeira de rodas

0
Divulgação de Serviços (ProCenter)

Acabou o sofrimento. A jovem angolana Luzia, filha de Avó Catarina, ambas residentes em Cacuaco, ganhou enfim uma cadeira de rodas para poder viver o seu dia a dia de forma normal. A oferta foi da empresária Rosa Preciosa.

Dona Cati de 76 anos, teve nove filhos, perdeu sete e agora tem dois, um casal. O rapaz tem problemas mentais  e  a mulher  de 32 anos, popularmente conhecida por Luzia, é portadora de deficiência física, por isso, usaram as redes sociais para clamar por ajuda de melhores condições de vida e principalmente pela jovem que toda a via nunca teve uma cadeira de rodas.

As associações G.A.S (Grupo Amigas Solidárias) e LINAC (Associação dos Naturais e Amigos de Cabinda) que aperceberam-se do caso através das redes sociais, decidiram fazer o bem e na manhã deste sábado (14) de Outubro, visitaram a casa da Avó Cati e deixaram o semblante de Luzia repleto de euforia,  ao ver o seu velho sonho enfim realizado fruto de um patrocinio da empresária Preciosa, detentora da empresa Preciosa e Gestão.

A família ganhou também vários matérias e alimentos, além de uma promessa de reabilitação da casa, feita pelas associações  que maravilharam a família  e Angola com este brilhante gesto.

Luzia que tem um filho que infelizmente não vivi com a mãe nem  a avó, chorou de emoção com um semblante duvidoso, pois, por mais de 30 anos pediu por uma mas nunca teve sucesso até ontem.

Clique no link e confira as imagens

Deixe a sua opinião!

Partilhe.