Alberto Charamba cria campanha de sensibilização e respeito aos vendedores ambulantes


Com uma taxa de desemprego ainda “assustadora” no país, vários angolanos optam por actuar no mercado informal a fim de sustentar as suas famílias e, enfrentam diversas dificuldades diariamente, sendo o desrespeito uma das mais apontadas.  Indignado com a banalização que algumas pessoas têm feito com os esforços dos vendedores ambulantes, o designer angolano Alberto Charamba criou a campanha de sensibilização “É Informal Sim, E Merece Respeito” para destacar a importância desta classe de trabalhadores.

No decorrer das suas actividades, os vendedores ambulantes têm que lidar com comentários ofensivos, menosprezo, e ainda com o facto dos compradores quase sempre exigirem descontos no valor dos produtos comercializados. Com a intenção de chamar a atenção das pessoas, no que diz respeito a “malícia” destas acções, Alberto usou a sua criatividade e talento para criar conteúdos gráficos capazes de gerar uma profunda reflexão sobre o tema. 

Publicidade

“Quase todos Sabemos como os preços finais dos produtos são constituídos, e quando ninguém valoriza o que é nosso todos nos sentimos injustiçados, por isso, sejamos nós os primeiros a valorizar o trabalho dos outros, principalmente daqueles com quem lidamos diariamente. Muitos afirmam: faço isso porque eles também aldrabam nos preços, mas o erro da minoria não pode interferir nas nossas decisões comportamentais, erros alheios não definem os limites do nosso carácter”, declarou Alberto Charamba.

Por: Anicia Gamboa


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *