Quantcast

Motorista de Kim Kardashian detido por ser um dos suspeitos do assalto em Paris

0
iPixel – Leaderboard

Os investigadores franceses do roubo da socialite norte-americana Kim Kardashian West em França, analisaram a possibilidade de alguém próximo da Kim estar envolvido no crime, e por suspeitas a policia deteve nesta terça-feira (10), o seu motorista e o irmão deste, por suspeitos.

O motorista responsável por transportar Kim Kardashian durante a sua visita de Outubro a Paris, na qual foi alvo de um assalto à mão armada no apartamento de luxo onde estava hospedada, é um dos 17 detidos pela polícia francesa, suspeito de estar envolvido no mais importante roubo de jóias cometido em França nos últimos 20 anos.

Os três investigadores franceses, que não quiseram ser identificados, revelaram nesta segunda-feira (09), que o motorista e o seu irmão mais novo se encontram entre as 17 pessoas detidas.

Os suspeitos têm aproximadamente 23 e 72 anos e vários são conhecidos pelas autoridades como “criminosos experientes”, com fortes ligações a redes na Bélgica, de acordo com um documento policial a que a agência norte-americana Associated Press teve acesso.

“Já são todos bem conhecidos pela polícia”, frisou uma fonte das autoridades francesas.

Kim promete quebrar o silêncio sobre o caso na nova temporada do reality show Keeping Up With The Kardashians. “Pensei: “Eles vão dar-me um tiro nas costas. Não há como fugir””, frisa no primeiro teaser divulgado.

Na madrugada de 03 de Outubro, a socialitede 36 anos, foi atacada por cinco homens armados, numa residência hoteleira de luxo no centro de Paris, onde se encontrava para assistir à semana da moda da capital francesa. Depois de terem amarrado Kim Kardashian, fecharam-na na casa de banho, os assaltantes fugiram com um anel no valor de quatro milhões de euros e um cofre de jóias, cujo montante foi avaliado em cinco milhões.

Deixe a sua opinião!

Partilhe.