“Em 2020 me reinventei, em 2021 foi a colheita”, declara Ary


Ainda na senda das retrospectivas de 2021, Ary também aproveitou as últimas horas do ano para refletir. Apesar de ter perdido a avó, a cantora fez um balanço positivo do ano que está a terminar e destacou que teve colheita daquilo que plantou outrora.

Ary reforçou que apesar do facto de perder a avó neste ano, não poderia deixar de agradecer ao criador por tudo e que apesar de passar por provações, acredita que 2022 será um ano de bênçãos e conquistas maiores.

Publicidade

“Este ano foi duro porque perdi a minha avó, ainda assim não posso deixar de agradecer a Deus por tudo, em tudo dou graças a Ele. 2020 me reiventei, 2021 foi a colheita, e ano de provações, 2022 será ano de bênçãos, de conquistas maiores e muito mais em nome de Jesus Cristo”, ressaltou a cantora.

Ary também aproveitou a ocasião para desejar aos angolanos muita saúde, paz e tranquilidade, bem como um feliz Ano Novo.