Heptacampeão Lewis Hamilton entra para o futebol americano


O piloto britânico, Lewis Hamilton, entrou agora no mundo do futebol americano. O heptacampeão mundial de Fórmula 1, faz parte do grupo de empresários que comprou a equipa dos ‘Denver Broncos’, da NFL- liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos da América.

O anúncio foi feito pelo clube, por meio das redes sociais. Com 37 anos, Hamilton tem nome no mundo empresarial, é dono de uma rede de restaurantes vegetarianos de sucesso na Inglaterra. Além disso, tem iniciativas de cunho social, como a ”Mission 44”, que visa preparar jovens vindos de minorias sociais a tornarem-se professores na área de Sistema de Ensino de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

“Estamos muito felizes por receber o heptacampeão mundial de Fórmula 1, Sir Lewis Hamilton, ao nosso grupo de donos. Ele é um campeão como competidor e que sabe o que é necessário para liderar uma equipa vencedora, além de ser um advogado firme na luta pela igualdade em todo o mundo, incluindo na sua própria modalidade. O espírito resiliente e padrão de excelência serão um activo para o grupo de donos e a organização Broncos”, comunicou o Grupo Walton-Penner, ao qual faz parte agora.

Por sua vez, Lewis fez saber que se sente animado para unir-se ao grupo de empresários, a quem considerou serem profissionais de valores e exemplo de liderança.

“Estou animado por juntar-me a um grupo tão incrível de donos, e passar a fazer parte da história dos Denver Broncos. Honrado por trabalhar com uma equipa de classe mundial e por servir como exemplo de valores de liderança mais diversa em todos os desportos”, afirmou Hamilton através da conta oficial do Twitter.

A compra dos Denver Broncos por parte do grupo é um negócio bilionário de longe, a maior negociação mais cara envolvendo um clube desportivo do país. No começo de Junho, a compra foi finalizada pelo valor de 4,65 mil milhões de dólares. O recorde anterior era de 2.475 mil milhões (New York Mets, basebol).