Mulheres unem forças e marcham contra os abusos de que são vítimas


Um grupo constituído por dezenas de mulheres angolanas de diferentes idades uniu forças para marchar neste sábado, 10 de Abril, contra os abusos de que têm sido vítimas ao longo dos anos. O protesto teve início as 08h30 na escola Ana N’Gola e terminou as 11h00 no monumento da quitandeira, mercado do São Paulo.

Cansadas de viver em ambientes instáveis e aterrorizantes, nas ruas, escolas, locais de trabalho e até mesmo dentro da própria casa, as mulheres gritam em alto e bom tom que é hora de dizer basta e de lutar pelo respeito que lhes é merecido.

Publicidade

Durante a marcha, as participantes trocaram impressões e apoio umas as outras por todas as batalhas que têm travado diariamente.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *