Mulher descobre restos mortais do feto no corpo, sete meses após aborto


Uma mulher britânica mãe de quatro filhos, disse que sofreu um aborto em Março e, recentemente, precisou voltar ao hospital com sangramento e fortes dores de barriga, onde teve uma notícia surpreendente. 

Ericka Hall de 38 anos, acabou por ser internada numa unidade hospitalar local, onde se procedeu ao aborto, mas sete meses depois as dores voltaram. Com queixas de não ter sido bem acompanhada no hospital e de lhe terem negado sucessivas consultas, a mulher acabou por descobrir que tinha uma massa no ovário, que os médicos concluíram que seriam vestígios do feto perdido.

Publicidade

“Eu descobri que abortei um dia antes do meu exame. Fui ao hospital. Eu estava sentindo dor. Eu fui para casa. Ainda estava sangrando muito. Continuei desmaiando, sabia que algo estava errado. Meu parceiro chamou uma ambulância. Eles me levaram para o Royal Stoke, eu fiz exames, eles me deram soro e acabei tendo uma transfusão de sangue. Mais tarde, naquela noite, um médico me levou a um quarto, me examinou e tirou o resto do conteúdo do bebê. Fui liberada um dia depois de pensar que tudo ficaria bem”, lembrou.

A mulher, disse ainda que se sentiu bem até alguns meses depois. “Aí a dor ficou muito forte, eu estava lutando para sair da cama. Eu não aguentava mais, então fui para o hospital. Foram três atendimentos em 14 dias. Eles continuaram a me enganar. Então, fizeram um ultrassom e encontraram um cisto no meu ovário e disseram que ainda havia alguns restos do bebê de Março. Isso fez com que meu apêndice fosse prejudicado e tive que passar por uma cirurgia para removê-lo”, descreveu ao lamentar o facto dos médicos não terem verificado se todo o conteúdo saiu depois do aborto. “Eles não deveriam simplesmente mandar alguém para casa e sete meses depois você ainda carregar os restos mortais de seu bebê. Eu não gostaria de ter sofrido tanto. Foi horrível”, lamentou.

Ericka já apresentou uma queixa contra o hospital e este, em resposta, lamenta a situação mas garante ter todos os cuidados para exercer a sua missão da melhor maneira possível. Uma investigação ao sucedido vai ser levada a cabo.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *