Gestante foi assassinada para lhe ser roubado o bebé


Uma mulher gestada de 32 anos foi assassinada, no bairro do Kifica, em Luanda, na intenção de lhe ser roubado o bebé que carregava no ventre. Os supostos criminosos rasgaram o útero da vítima com uma faca de cozinha, no interior de uma casa perto da via pública. 

O crime ocorrido nesta segunda-feira (18) de Janeiro, assemelha-se a um caso nos Estados Unidos da América em que uma mulher com perturbações mentais matou outra e roubou-lhe o filho.

Publicidade

“A gestante foi assassinada com extrema violência, os golpes que a vítima sofreu foram realizados no interior de uma habitação, onde lhe foi aberto o útero, com uma faca de cozinha, e arrancado o bebé”, apurou o Novo Jornal.

Pela gravidade do crime o SIC entende que o acto foi elaborado por um grupo de pessoas, pela suposição de como teria sido idealizado: “Durante a reconstituição do crime foi visível que a mulher não sofreu o ataque naquele local onde foi encontrado o seu corpo. O crime foi cometido em outro sítio e o corpo foi depositado na via pública para despistarem as autoridades na investigação deste caso”.

Desde que o Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN) tomou conhecimento da situação, as buscas e investigações estão a ser feitas, conforme garantiu o inspector-chefe Nestor Goubel, porta-voz da corporação em Luanda.