Covid-19: Governo antecipa fim do ano lectivo para 30 de junho devido ao aumento de casos


Em função do aumento significativo de casos de covid-19, o Ministério da Educação antecipou o ano lectivo 2020/2021, para dia 30 de Junho. A previsão era que o mesmo terminasse oficialmente no dia  31 de agosto. 

No Decreto disponibilizado pelo Ministério da Educação, constam informações sobre a renovação ao Calendário Escolar Nacional, e o reajuste do novo período de avaliações (provas e exames), as actividades avaliativas de todos os subsectores de Educação, pré-escolar, primário e secundário, vão agora decorrer no período entre 24 de maio a 30 de junho.

Publicidade

O presente documento, informa também sobre a actualização das regras de elaboração de provas e exames, que deverão ser cumpridas em todos os níveis académicos acima mencionados, onde agora o período de férias do professor  vai decorrer de o1 a 30 de julho e as reconfirmações e matriculas de novos alunos ocorrem ente 16 a 25 de Agosto, com inicio das aulas marcadas para o dia o1 de setembro.

De lembrar que a prova trimestral nas classes de transição está marcada para 24 de maio a 04 de junho e para as classes de exame, entre 07 e 18 de junho.

Desde o final do mês de abril, o país tem registado altos níveis de casos de covd-19, chegando a atingir quase 400 casos por dia. Até quarta-feira(12), o país acumulou 29.405 casos positivos, 645 mortes e 25.187 recuperados.

A pandemia do covid-19, até agora provocou inúmeras mortes a nível mundial, desestabilizando vários sectores, e com o aumento dos casos no País, o governo tem procurado formas de evitar a propagação do vírus, cancelando assim algumas actividades e restringindo outras, tudo pelo bem da saúde pública.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *