Covdi-19: Avião de repatriamento com 191 pessoas parte ao meio durante pouso na Índia


O avião da operadora Air India Express levava 191 pessoas a bordo e falhou a aterragem, tendo ultrapassado o limite da pista do Aeroporto Internacional de Kozhikode. Trazia de volta a casa pessoas que tinham ficado retidas por causa da pandemia da Covid-19.

Um porta-voz da polícia do estado de Kerala – onde está o aeroporto – disse à agência Associated Press que um piloto do Boeing 737 está entre os mortos já identificados. Segundo Abdul Karim, pelo menos 15 dos feridos estão “em estado crítico” e as operações de resgate já terminaram.

Publicidade

O avião que saiu do Dubai, Emirados Árabes, ultrapassou a pista e caiu em um barranco após ultrapassar a pista de pouso.

A polícia local tinha avançado com, pelo menos, 14 vítimas mortais confirmadas, mas o número já foi revisto para 18. São ainda contabilizados 123 feridos, 15 dos quais em estado grave.

Voos comerciais estão proibidos na Índia desde o início da pandemia de coronavírus e segundo as autoridades locais, o voo tinha como objetivo repatriar cidadãos indianos que estavam fora do país.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *