Titica fala sobre adaptação no estilo Trap Soul: -“Entreguei-me de corpo e alma na música”


Depois de já ter “fugido” do estilo a que o público está acostumado, com o novo lançamento, Titica mostra mais uma vez a sua versatilidade ao apostar no Trap Soul. A artista falou ao AngoRussia como foi a preparação e adaptação a sua nova música.

Titica fez saber que escolheu mergulhar no estilo porque nutre uma paixão pelo Trap soul, apesar de considerar que ainda não está com aquele vozeirão que esperava, mas destaca que conseguiu se adaptar ao bit.

Publicidade

“Escolhi um Soul porque acho que precisava no meu repertório, é um estilo que eu sou super apaixonada e sempre quis fazer, mas eu acho que tinha que me preparar vocalmente, não estou com um vozeirão tão top como eu queria, mas consegui adaptar-me ao bit, entreguei-me de corpo e alma na música”, frisou.

A autora de “Vai Pegar Fogo” contou ainda que opta em lançar as suas músicas de seis em seis meses para fidelizar o público e não perder popularidade no seu canal do YouTube. Ticny disse também que o facto do videoclipe ter sido gravado em Portugal “De certa forma é uma estratégia para atingir outros mercados, é uma música internacional e um estilo actual”.

Recorde-se que além de brindar os seus fãs com o Kuduro que a caracteriza, Titica já surpreendeu o público ao cantar as tarraxinhas “Tas a Ver”, “Dont Touch Me” e ” Me Beija só na B