Landrick, Anna Joyce e Miguel Buíla termina contrato com a produtora “Bom Som”


Com o sentido de “Missão Cumprida” pela gestão de carreiras de jovens talentosos que tornaram-se verdadeiras referências da música nacional e internacional, a Bom Som através de um comunicado de imprensa, informou nesta segunda-feira (27) de Janeira, por término da validade de contrato, já não será pivô da gestão de carreira dos artistas Landrick, Anna Joyce, bem como Miguel Buíla.

Numa nota de imprensa submetida ao AngoRussia, a produtora fundada em 2005, pelo músico Anselmo Ralph, sedeada em Luanda, e opera no mercado nacional e internacional enquanto produtora, editora e distribuidora musical, frisou que os artistas Landrick, Anna Joyce e Miguel Buíla, irão continuar a abrilhantar os corações de apreciadores de boa música sem a sua gestão.

Publicidade

A Bom Som deseja sucessos na carreira de cada um deles.

A dicção avança ainda que, a fim de dar oportunidade a outros talentos vai, dentro em breve, realizar um casting para a selecção de mais artistas para integrarem à produtora e transforma-los em verdadeiro astros da música.

Sem avançar muitos detalhes, a direcção da produtora afirma que 2020 marca o inicio de uma nova era na Bom Som, que vai literalmente sair da sua zona de conforto e alargar o seu campo de actuação.

 

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *