Produções televisivas nacionais que marcaram a vida dos angolanos


O mundo cinematográfico angolano ainda tem muito para crescer, mas ainda assim, já existiram produções que provaram com clareza o imenso talento que possuem os actores nacionais e, que encantaram e marcaram a vida dos angolanos. Entre as novelas e séries destacam-se Reviravolta, Minha terra, Minha mãe, Sede de Viver, Windeck e Jikulumessu.

O AngoRussia reuniu algumas produções nacionais que fizeram história na vida dos angolanos e que até hoje são consideradas inesquecíveis.

Publicidade

Reviravolta

A mini série do ano 2002 teve um total de 100 capítulos, e foi gravada e emitida pela Televisão pública de Angola. Contou com a participação de alguns actores como Fredy Costa, Dicla Burity, Yolanda Vieira e Miguel Hurst.

Sede de Viver

A novela estreou em 2005 e retratava o convívio de adolescentes e jovens, numa época em que os desejos e as aventuras começam a soar com mais agressividade. Ana Karina, Érica Chissapa, Kitengo Kunga, Miguel Hurst e outros actores proporcionaram momentos que animaram as famílias angolanas.

Minha Terra, Minha Mãe

Minha Terra, Minha Mãe foi a primeira telenovela angolana, estreou no dia 4 de Fevereiro de 2009, e contou com a actuação de Borges Macula, Emília Luvualo, Tânia Burity, Érica Chissapa, Edwin Luisi, Felipe Cuenda e Larissa Machado.

Windeck

Windeck teve estreia em Angola e após o seu sucesso já foi emitida em França, Moçambique, Nigéria, Gana, Costa de Marfim, Portugal e outros territórios dentro e fora de África. A telenovela alcançou um reconhecimento extraordinário do público e da crítica, batendo recordes. Fredy Costa, Micaela Reis, Celso Roberto, Edusa Chindecasse, Grace Mendes, Nádia Silvia, Tânia Burity, Rui Santos e outros deram vida à personagens que marcaram a mente dos angolanos.

Jikulumessu

Jikulumessu foi emitida pela TPA entre Outubro do ano 2014 e Maio de 2015. A novela esteve envolvida em polémicas por divulgar o beijo gay da história da dramaturgia angolana , tendo sido a emissão suspensa por três dias. Entretanto foi um sucesso que Pedro Hossi, Lialzio Almeida, Fredy Costa, Henesse Cacoma, Maya Zuda, Heloísa Jorge, Sandra Gomes, Elisângela Gomes, João Chaves, e Borges Macula interpretaram com mestria.