Filme “Black Is King” de Beyoncé estreia pela primeira vez em África pela M-Net da MultiChoice


O filme de Beyoncé baseado na música de “O Rei Leão”, “Black Is King”, que conta a história da jornada de um jovem rei que passa por traição, amor e identidade própria. Guiado por seus antepassados, pai e amor de infância, ele ganha as virtudes necessárias para recuperar o seu lar e trono, será exibido para o continente 24 horas após sua estreia no Disney+, neste sábado (01) de Agosto, as 19 horas, no canal M-Net, posição 101, disponível nos pacotes DStv Premium e Mega.

“Black is king” é um filme escrito e dirigido por Beyoncé, composto de clipes para as músicas de “The gift”, disco lançado pela artista para acompanhar a versão com actores de “O rei leão”, lançada em 2019 com a cantora dublando um dos protagonistas.

Publicidade

O filme apresenta uma lista impressionante de diversas vozes na sua equipa criativa, incluindo os realizadores como Emmanuel Adjei “Filme Shahmaran”, Blitz Bazawule “filme Burial of Kojo”, Pierre Debusschere “vídeos Mine e Ghost para Beyoncé”, Jenn Nkiru “Black To Techno”, Ibra Ake “directora criativa e produtora do vídeo This is America para Childish Gambino”, Dikayl Rimmasch “Cachao, filme Uno mas”, Jake Nava “Crazy in Love, Single Ladies, vídeos de partição para Beyoncé” e co-realizador e colaborador de longa data de Beyoncé, Kwasi Fordjour.

Por outro lado, contou com os co-realizadores adicionais e directores da segunda unidade contribui para a representação global da equipa, incluindo Dafe Oboro, Julian Klincewicz, Derek Milton, Meji Alabi, Joshua Kissi, Alexandre Moors e Deon Van Zyl. O mesmo foi filmado e gravado em varios locais como  Nova York, depois Los Angeles, África do Sul, África Ocidental, Londres e Bélgica. E de todos esses lugares, veio um elenco extraordinário de actores e dançarinos que influenciaram o rico cenário do filme e a coreografia vibrante.

Beyoncé surpreendeu tudo e todos ao divulgar nesta quarta-feira (29) de Julho, o novo trailer de “Black is king”, que traz alguns dos convidados especiais do filme, os modelos Aweng Ade-Chuol e Adut Akech, a super modelo Naomi Campbell, Tina Knowles- Lawson, Lupita Nyong’o, Kelly Rowland, Pharrell Williams, Jay-Z e entre outras artistas apresentados no álbum “The Lion King: The Gift”. Bem como as famosas estrelas Mzansi presentes em “Black Is King” também estão Connie Chiume (Gomora), Nandi Madida (The Road), Nyaniso Dzedze (Binnelanders) e Warren Masemola (The River). O novo trabalho da cantora vai ser lançado nesta sexta-feira (31), na plataforma de vídeos Disney+ nos Estados Unidos.

De acordo a nota de imprensa submetida ao AngoRussia, com a exibição desse álbum visual e evento de televisão global para o maior número de espectadores fiéis, o MultiChoice Group e a M-Net mais uma vez consolidam a sua reputação como o contador de histórias mais amado da África, como fez saber Yolisa Phahle, CEO do MultiChoice Group para Video Entertainment.

“Estamos muito entusiasmados por fazer parte deste evento global, mas o que torna o “Black Is King” ainda mais importante para nós é que ele destaca os muitos criativos fenomenais africanos que estiveram envolvidos no projeto – tanto na tela Christine Service, vice-presidente sénior da Walt Disney Company Africa, acrescenta: “Black Is King é uma expressão de identidade criativa e comemorativa poderosa, relevante e oportuna, que consideramos importante para ser compartilhada com os fãs por todo o continente africano ao ser lançada globalmente na Disney+. Estamos entusiasmados por continuar a jornada que começou com O Rei Leão”.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *