Após muito tempo de espera, angolanos são surpreendidos com duas novas produções nacionais


Faz alguns anos que as famílias angolanas deixaram de ver nas suas telas, produções nacionais com estórias de amor e ódio que traziam algum sentido aos tempos livres. Neste ano, os produtores angolanos finalmente decidiram tirar o público desse “jejum” de dramaturgia com duas grandes produções que prometem envolver o público.

Estreou neste domingo, 17 de Janeiro, a primeira promessa, a série de comédia  ”A turma da Jivinda” uma produção da autoria do ex músico Kid MC inspirada no grande clássico ”A escolinha do professor Raimundo”, que esteve durante vários anos no comandado do falecido Xico Anysio.

Publicidade

Esta produção conta com a participação de vários ícones como a comediante e  criadora de conteúdos  ”Madó”, a grande actriz Celma Pontes entre outros nomes  que prometem “arrancar” dos telespectadores muitas gargalhadas. A série retrata de uma forma descontraída o dia a dia dos angolanos, desde a zungueira estudante até a jardada do bairro.

Já nesta Segunda-feira, 17 de Janeiro, vai estrear as 20g30 a nova novela ”Rio”, uma trama angolana adaptada de uma história verídica, que ganha vida com interpretações  de um grande elenco composto por Lesliana Pereira, Sílvio Nascimento e Juddy da Conceição como protagonistas de um verdadeiro mergulho pelo emocionante e tenebroso mundo do garimpo artesanal de diamantes, com verdadeiras lições para a vida toda.

A emissão de novelas angolanas tiveram início em 2005, com a telenovela Sede de Viver transmitida Televisão Pública de Angola (TPA). Depois seguiram-se outras produções marcantes como foram os casos de ”Windeck” e Jikulumessu, projectos mais recentes.

Vale recordar que, Angola coleciona 2 indicações na categoria de telenovela no International Emmy Awards.