Tchizé dos Santos reage à reportagem “Banquete”: “A TPA é uma organização de bandidos”


A empresária e ex-deputada angolana Tchizé dos Santos reagiu pela primeira vez à reportagem “Banquete”, elaborada e emitida pela Televisão pública de Angola.

Durante um live feito pela empresária na noite desta quarta-feira (09), Tchizé falou sobre a sua jornada no mundo dos negócios, sobre as festas que organizava não época, e afirmou que da empresa Exem Energy nao recebeu nenhum dinheiro.

“Eu nunca recebi um centavo da tal empresa Exem Energy. Não faço parte da empresa Exem Energy. Esses macacos, não têm outro nome, bajuladores. A TPA é uma organização de bandidos. Ernesto Batolomeu, que desilusão meu amigo, não sei se te ameaçaram que vão te matar, se te ameaçaram que vão te meter na cadeia, tens o meu número para perguntar se eu sou sócia da Exem Energy, não me perguntaram por quê?”, disse inicialmente acrescentando revelações sobre supostos bens de pessoas ligadas directamente ao PR João Lourenço, a mulher e uma das filhas.

Publicidade

“Hoje em dia eles são mais ricos do que eu, desafio a me processarem, provem que João Lourenço e Ana Dias não são mais ricos do que a Tchizé dos Santos, foram buscar o dinheiro aonde? Eu sempre fui empresária, eu não trabalhei no estado, então a TPA deve investigar onde é que a senhora Ana Dias Lourenço foi buscar dinheiro para ter duas casas no Alvalade, uma delas ao lado da minha casa, que é o triplo do tamanho da minha casa, casa de milhões, onde é que foi buscar o dinheiro? Filha do presidente João Lourenço, gravem, mandem para CNE, BBC, mandem para os contactos todos que vocês têm, que uma das filhas do PR João Lourenço tem casa nos Estados Unidos da América em nome dela, uma casa orçada em mais de um milhão de dólares, acho que mais de dois milhões de dólares e ainda não trabalhava, ainda era estudante, foi buscar o dinheiro onde?” terminou dizendo a empresária.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  1. sua cabra, gatuna de merda, para de apontar os dedo ao presidente, a verdade doí né?