Kanye West afirma que “Donda” foi lançado pela Universal Music sem a sua permissão


O cantor americano, Kanye West, afirmou recentemente que o esperado álbum “Donda” foi lançado pela sua produtora “Universal Music” sem a sua permissão, e frisou que a mesma não incluiu  todas as faixas, deixando de fora a música “Jail 2”, que conta com a participação de dois nomes polêmicos do mundo da música.

Em um post partilhado no seu Instagram, o cantor comunicou aos fãs e admiradores, que o álbum foi lançado pela sua produtora “Universal Music” sem o seu consentimento, e que a referida deixou de fora a faixa “Jail 2”, que contava com a participação de dois nomes polêmicos do mundo da música, DaBaby e Marilyn Manson.

Publicidade

“Universal colocou meu álbum fora sem a minha aprovação e bloquearam a Jail 2 de estar no álbum”, declarou Kanye West.

Vale destacar que o álbum foi lançado nas plataformas de streaming. Para a gravação de “Donda” que teve uma fantástica produção, Kanye ficou hospedado no estádio Mercedes-Benz de Atlanta, onde a diária custava 1 milhão de dólares.

Recentemente o cantor também comunicou  que vai trocar o nome Kanye West para “Ye”, sem o sobrenome, o mesmo alegou que o fará por motivos pessoais, e por enquanto aguarda a decisão do Tribunal Superior de Los Angeles.

 

Por: Eucadia Ferreira


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *