Casa de Kim Kardashian é invadida novamente


O homem perseguidor de Kim Kardashian, foi preso no passado dia (19) de Outubro, por ter invadido ‘novamente’ a casa da socialite e ainda sido acusado de perseguição criminosa.

Apesar que Kim Kardashian ter conseguido uma ordem de restrição de cinco anos contra o homem, ficando este obrigado a manter uma distância obrigatória da socialite, Nicholas Costanza não se sentiu intimidado, e voltou a entrar em sua casa.

Publicidade

Rapidamente, a equipa de segurança de Kim, conseguiu segurar o homem e chamou a polícia. Nicholas Costanza foi preso por invasão de condomínio fechado e acusado de perseguição criminosa contra a empresária.

O homem, que terá sido desta vez apanhado na zona exterior da propriedade, já tinha saltado o portão de casa de Kim anteriormente, em Fevereiro e Maio, e até conseguiu enviar-lhe um anel de diamantes e pílula do dia seguinte de presente.