Real e Chelsea; Man. City e PGS lutam por vaga para a final da Liga dos Campeões


Já quase a encerrar a grande temporada 2021, esta semana joga-se a segunda mão das meias finais da Liga dos Campeões, tendo estes jogos como a grande decisão, para estas quatro equipas que lutam  para conquistar a glória. O Real Madrid tenta salvar a época, apesar da chance de revalidar o título da La Liga. Por seu turno, PSG e Man City, que jogam entre si, apostam na presente época as fichas do “tudo ou nada”. O Chelsea, por sua vez, depois de um investimento multimilionário na equipa, precisa de justificar tamanho arrojo. 

A acção da UEFA Champions League desta semana começa na noite de terça-feira, 4 de Maio, com o Manchester City a receber o Paris Saint-Germain. Os Citizens têm uma vantagem de 2-1 na primeira mão trazida da capital francesa, pois recuperaram de um golo para derrotar a equipa da Ligue 1 graças a golos de Kevin De Bruyne e da estrela argelina Riyad Mahrez.

Publicidade

“Às vezes você precisa estar mais relaxado. Mudámos um pouco a forma como pressionámos [na segunda parte]. Não é fácil contra Neymar, Mbappé e Di María”, disse o técnico Pep Guardiola. “Estou muito satisfeito com o desempenho. Este clube não tem muita experiência nesta fase da competição. Só quero que sejamos nós próprios na segunda mão. Jogamos bem de uma certa maneira não podemos fazer de outra forma”.

Já o defesa do PSG, Marquinhos, acredita que a eliminatória ainda está viva: “Se não acreditarmos, não adianta fazer a viagem [para o jogo de volta]. Precisamos de uma mentalidade de guerreiro para seguir em frente. Estamos muito perto. Não devemos ter dúvidas agora e temos que melhorar os nossos pontos fracos. Temos tudo de que precisamos para reverter a situação”.

A segunda meia-final encerra na noite de amanhã, quarta-feira, 5 de maio, quando o Chelsea receber o Real Madrid. As equipas empataram 1-1 no confronto da primeira mão na capital espanhola, com os “Blues” a ganharem vantagem com Christian Pulisic, mas os Los Blancos recuperaram com um remate espectacular de Karim Benzema, que deixou a eliminatória delicadamente equilibrada.

“Infelizmente eles marcaram de uma bola parada, mas não havia mais nada para defendermos, não permitimos nenhuma chance”, disse o técnico do Chelsea, Thomas Tuchel. “Foi um resultado um pouco decepcionante ao intervalo e é importante termos ficado calmos e não termos perdido a confiança. A velocidade e a intensidade diminuíram e dava para sentir que estávamos um pouco cansados. Temos que viver com 1-1.”

Zinedine Zidane, por sua vez, observou: “Queríamos pressionar alto, um a um, mas quando você não faz isso bem, as coisas ficam difíceis. Depois de marcarmos, estávamos melhor e controlamos o jogo muito mais. Estamos vivos e vamos para a segunda mão com a ideia de vencer.

Estão lançados os dois grandes desafios, jogos de encher os olhos e para não perder, em directo nos canais SuperSport, em exclusivo na DStv.

Acompanhe os detalhes da transmissão:

Terça-feira 4 de maio

20:00: Manchester City v Paris Saint-Germain – SuperSport Máximo 1

Quarta-feira 5 de maio

20:00: Chelsea v Real Madrid – SuperSport Máximo 1


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *