União Africana lança concurso para apoiar jovens que querem combater a covid-19


A União Africana de Telecomunicações (ATU), lançou no passado dia 20 de Agosto, o ‘ATU Africa Innovations Challenge 2020’, um concurso concebido para identificar e apoiar jovens inovadores africanos que desenvolveram aplicativos móveis úteis para auxiliar na luta para conter a covid-19’ e possivelmente outras situações de emergência em África no futuro.

De acordo com o Secretário-geral da ATU, John Omo, o vencedor do prémio principal da competição levará para casa uma recompensa em dinheiro, no valor de US $ 5.000, além de se envolver em outros programas de mentoria e parceria.

Publicidade

“Este desafio será fundamental para reconhecer, testar e destacar inovações disruptivas e novos modelos de negócios que têm a capacidade de redefinir a África,” afirmou  o responsável  que também reforçou a importância das instituições africanas no apoio a iniciativas que criem, inovem e forneçam o continente. Para o efeito, sugeriu ele, é necessário um esforço conjunto das partes interessadas a todos os níveis.

O evento de lançamento cuja discussão se centrou no tema “Como pode África ficar acima do impacto da Covid-19 por meio da inovação”, reuniu uma série de inovadores, ministérios, reguladores de TIC, a academia e organizações de TIC.

Falando também durante o evento de lançamento,  o Ministro da Comunicação, Economia Digital, Correios, Tecnologias de Informação e da Comunicação, Costa do Marfim, Mamadou Sanogo reiterou a necessidade e urgência de fazer todo o possível para apoiar a luta contra Covid-19 inclusive através de iniciativas como o Africa Innovations Challenge. “A inovação tornou-se o principal elemento diferenciador que pode dar oportunidades económicas aos nossos jovens” afirmou.

Anunciando a Huawei como patrocinadora principal, John Omo disse: “estamos felizes em trazer a Huawei a bordo. Por mais de 20 anos, a Huawei tem construído nas infraestrutura de TIC, promove habilidades de TIC e permitindo inovação em TIC em toda a África. Acreditamos que o parceiro confiável pode apoiar esta iniciativa com sua perícia, visão e experiência tanto a nível global quanto local. “

Por sua vez, o vice-presidente de Relações Públicas da Huawei Região da África do Norte, Loïse Tamalgo, que também fez parte do evento destacou o valor de abordagens inovadoras para o crescimento no continente, bem como a dedicação da empresa em investir no desenvolvimento de talentos. “Estamos ansiosos para trabalhar com a ATU para trazer à tona a criatividade e o empreendedorismo que residem na juventude africana”, declarou.

O desafio de inovação da ATU é uma iniciativa que visa fornecer soluções e oportunidades de curto e longo prazo para a juventude africana. Com a crescente supressão do tecido social em muitas comunidades em África como resultado do Covid-19, e considerando o facto de que grande parte da população de África são jovens que geralmente vivem em condições difíceis, a competição promove a ideia de que a capacidade de prontidão dos países para soluções digitais pode ajudar significativamente a enfrentar alguns desses desafios.

O evento também foi usado para revelar o novo logotipo da ATU como parte do esforço de reformulação da marca da União.

A União Africana de Telecomunicações (ATU) foi fundada em 1977 como agência especializada da Organização da Unidade Africana, agora União Africana, na área das telecomunicações. A ATU assumiu o nome actual em 1999, acabando por se transformar numa parceria entre os Estados
Membros e o sector privado Comunicação (TIC).

Contando actualmente com 48 Estados Membros, a ATU é um fórum onde as partes envolvidas com TIC podem formular políticas e estratégias eficazes destinadas a melhorar o acesso à infra-estrutura e serviços de informação e comunicação. Por outro lado, a ATU representa os interesses dos seus membros em conferências globais onde se tomam decisões com o intuito de promover iniciativas destinadas a integrar os mercados regionais, atrair investimentos para a infra-estrutura de TIC e desenvolver capacidades institucionais e humanas.

A missão da ATU é acelerar o desenvolvimento das TIC em África, com o propósito de alcançar economias digitais em todo continente, prevendo a criação de sociedades da informação inclusivas, economias digitais fortes capazes de potencial o desenvolvimento social, económico e ambiental em África.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *