Menino de 11 anos, cria mochila à prova de balas para proteger colegas


929 partilhas

O menino mexicano de 11 anos, Juan David Hernández , criou uma mochila à prova de balas depois da escola que frequenta ter sido alvo de um tiroteio entre narcotraficantes.

menino-da-mala1

Juan criou a mochila à prova de bala para proteger os colegas em caso de tiroteio e balas perdidas pois, estuda na escola “Lázaro Cárdenas”, em Matamoros, um município do estado de Tamaulipas, no México, localidade que é frequentemente palco de conflitos violentos entre grupos de narcotraficantes e também com as forças policiais.

A escola do menino foi, recentemente, alvo de um ataque e as crianças estiveram debaixo de fogo cruzado. Este incidente levou Juan Hernández a criar uma mochila à prova de bala, mas também equipada com outros dispositivos cruciais em caso de perigo.

“Não sabemos quando podemos ser atingidos por uma bala perdida ou estar em uma situação de fogo cruzado. Então foquei-me num design que me poderia proteger e aos outros estudantes”, disse o menino à AFP.

A “Mochila de Segurança”, foi apresentada numa feira de ciências da escola, tem uma placa blindada à prova de bala na parte exterior, um dispositivo de GPS possível de ser ligado ao telemóvel dos responsáveis pela criança, uma lanterna e um alarme sonoro para ser usado em caso de perigo ou roubo.

Com cerca de cinco quilos, incluindo os livros, a mochila serve de proteção aos alunos em casos de tiroteios. Juan Hernández explicou que, em situação de perigo, basta deitarem-se no chão e usarem a mochila para cobrir a cabeça.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

929 partilhas