Instagram remove fotografia de dois homens a beijarem-se e justifica:- “Vai contra nossas Diretrizes da Comunidade”


Um homem brasileiro Rafael Lugão, esta a acusar a plataforma digital Instagram, de homofobia, depois desta ter removido uma fotografia sua aos beijos com o namorado, no passado sábado (29) de Agosto, e justificar que vai contra as ‘Diretrizes da Comunidade’.

Indignado e chateado, ao ver sua fotografia e do namorado removida pelo Instagram, o usuário recorreu a rede social Twitter para expressar o sucedido e acusar a plataforma de homofobia, sob justificativa de que a publicação estava contra as ‘Diretrizes da Comunidade’.

Publicidade

“Postei uma foto no Instagram a beijar meu namorado. Comecei a receber muitos comentários carinhosos de amigos mas logo em seguida surgiram alguns poucos comentários homofóbicos. A foto estava com quase 1k de curtidas quando recebo essa notificação de contra as diretrizes da comunidade”, começou por explicar o homem.

O homem conta ainda após a postagem viralizar, recebeu uma série de ataques homofóbicos nos comentários, de pessoas que nem lhe seguem, com insultos e emojis de vómito, e quando tentou denunciar os mesmos à plataforma, perdeu o acesso a eles quando a imagem foi removida.

Em contacto com o Instagram, para saber os motivos que levaram a foto a ser removida, Rafael diz que a plataforma respondeu em uma nota com um pedido de desculpas pelo erro, e que não toleram nenhum tipo de discriminação.

“Não toleramos nenhum tipo de discriminação no Instagram e, nesse caso, cometemos um erro ao remover a publicação em questão. Pedimos desculpas pelo ocorrido, o conteúdo já foi restaurado”, diz em nota, que dizia ainda ser uma ‘comunidade global e diversa’ e que quer ‘proporcionar um ambiente onde todos possam expressar suas identidades’, mas as críticas não pararam.

Ao sentir-se silenciado com a imagem removida, o usuário ressaltou que o episódio serviu para mostrar quantas pessoas já tiveram seus posts apagadas por conteúdos semelhantes.

“Imagino que essas pessoas tenham denunciado a foto, ao ponto de o Instagram acatar as denúncias e remover a foto. É revoltante pensar que ataques homofóbicos sobressaiam a nossa liberdade de demonstração de afeto. Não se trata apenas de uma foto. Eu poderia postar a foto novamente. Mas atitudes como essa demonstram uma tentativa absurda de silenciar as minorias”, afirmou.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *