Huawei realça otimização de portfólio para aprimorar a resiliência


A Huawei realizou nesta segunda-feira, (12) de Abril, a 18ª Cúpula Global de Analistas em Shenzhen, China, com participação de mais de 400 convidados, incluindo analistas da indústria e financeiros, principais líderes de opinião e representantes da mídia, em comunhão com analistas e representantes da mídia de todo o mundo, conectados via internet.

Na ocasião, o Presidente Rotativo da Huawei, Eric Xu, partilhou com os presentes o desempenho dos negócios da empresa em 2020, bem como fez saber cinco iniciativas estratégicas para avançar com elas, nomeadamente: optimizar seu portfólio para aumentar a resiliência dos negócios  como parte desses esforços, a Huawei fortalecerá seus recursos de software e investirá mais em negócios que dependem menos de técnicas de processo avançadas, bem como em componentes para veículos inteligentes, maximizar o valor do 5G e definir o 5.5G com pares da indústria para impulsionar a evolução das comunicações móveis, fornecer uma experiência integrada, inteligente e centrada no usuário em todos os cenários, inovar para reduzir o consumo de energia para um mundo de baixas emissões de carbono e abordar os desafios de continuidade do fornecimento.

Publicidade

Segundo Eric Xu reconstruir a confiança e restaurar a colaboração em toda a cadeia global de suprimentos de semicondutores é crucial para trazer a indústria de volta aos trilhos. “Seguindo em frente, continuaremos a nos encontrar em um ambiente global complexo e volátil. As novas ondas do Covid-19 e a incerteza geopolítica apresentarão desafios contínuos para todas as organizações, negócios e países. Acreditamos profundamente no poder da tecnologia digital para fornecer novas soluções para os problemas que todos enfrentamos. Portanto, continuaremos a inovar e impulsionar a transformação digital com nossos clientes e parceiros para levar o digital a cada pessoa, casa e organização de um mundo conectado e inteligente”, ressaltou.

Por sua vez, William Xu, Director do Conselho e Presidente do Instituto de Pesquisa Estratégica da Huawei, começou a sua explanação tendo como abordagem os desafios que afetarão o bem-estar social na próxima década, incluindo a visão da Huawei sobre o mundo inteligente de 2030.

No evento foram ainda apresentados nove desafios tecnológicos e direções propostas para os esforços de pesquisa que incluem: Definição do 5.5G para apoiar centenas de bilhões de diferentes tipos de conexões; optimização de protocolos de rede para conectar todas as coisas; fornecimento de poder de computação avançado forte o suficiente para suportar o mundo inteligente; entre outros.

Por: Ester Mendes


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *