Afrione Mobile acredita que “há um futuro para a tecnologia em Angola”


A multinacional Afrione Mobile, empresa ligada ao ramo de tecnologia, a primeira a abrir uma fábrica de montagem de smartphones e tablet no país,  apresentou-se pela primeira vez a imprensa nacional nesta quinta-feira (18) de Fevereiro, onde aproveitou para revelar os seus modelos de telefones e fez algumas projecções sobre o futuro tecnológico em Angola.

O encontro entre a instituição e a imprensa, contou com a presença do CEO da empresa, Sahir Berry, e serviu para elaboração de uma apresentação formal, bem como partilha de objectivos, missão e outros aspectos importantes.

Criada em Angola em 2017, a primeira fabrica de montagens de telefones, smartphones e tablets do pais foi inaugurada em 2020, pelo Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço.

De acordo o dirigente, A Afrione Mobile surge no mercado para tornar facilitado o acesso às novas tecnologias e contribuir para a redução do nível de desemprego, com a criação de novos postos de trabalho. A empresa tem ainda como objectivo potenciar o desenvolvimento tecnológico, garantir produtos acessíveis, inteligentes e de elevada qualidade, bem como responder e satisfazer a necessidade do público sempre de forma eficiente.

“A nossa empresa acredita que a um futuro para a tecnologia em Angola, não somos os únicos interessados a apostar no mercado angolano, à outras empresas também. Estamos a pensar em actuar no sector agrícola para ajudarmos a melhorá-lo e no sector financeiro ou bancário também, não queremos limitar-nos apenas em produzir smartphones “ frisou Sahir”.

 

Por: Anicia Gamboa

PUB

Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *