Voo da Ethiopian Airlines cai com 157 pessoas “Não há sobreviventes.”


Um voo da Ethiopian Airlines com 157 pessoas a bordo, 149 passageiros e oito tripulantes, despenhou-se este domingo a caminho de Nairóbi, a capital do Quénia. O Boeing 737 tinha partido de Addis Abeba, capital da Etiópia. Ainda não são conhecidas as causas do acidente.

Voo da Ethiopian Airlines cai com  157 pessoas "Não há sobreviventes.”

A informação foi confirmada pela empresa, que disse que o aparelho caiu às 8h44 hora local (5h44 em Portugal), seis minutos depois de ter descolado.

O avião era do mesmo modelo do que caiu na Indonésia em Outubro de 2018.

A bordo estavam cidadãos do Quénia (35), Canadá (18), Etiópia (9), China (8), Itália (8), Estados Unidos da América (8), Reino Unido (7), França (7), Egipto (6), Alemanha (5), Índia (4), Eslováquia (4), Áustria (3), Rússia (3), Suécia (3), Espanha (2), Marrocos (2), Israel (2). A Bélgica, Polónia, Uganda, Jibuti, Indonésia, Irlanda, Togo, Ruanda, Arábia Saudita, Uganda, Somália, Sérvia, Iémen, Sudão, Moçambique, Noruega, Nepal e Nigéria registaram uma vítima cada. Um cidadão viajava ainda com o passaporte das Nações Unidas.

Segundo a mesma fonte, quem pilotava a aeronave no momento da queda era Yared Getachew, um capitão sénior que tinha mais de 8 mil horas de voo. O seu primeiro-oficial era Ahmed Nur Mohammod Nur e tinha 200 horas de voo.

As causas do acidente ainda não são conhecidas. O piloto do avião da Ethiopian Airline que se despenhou pouco depois de descolar de Adis Abeba reportou “dificuldades” e pediu para regressar ao aeroporto da capital etíope, disse o presidente-executivo da companhia, Tewolde Gebremariam.

“O piloto reportou à torre de controlo que estava com dificuldades e que queria regressar”, afirmou o presidente-executivo da Ethiopian Airline, numa conferência de imprensa em Adis Abeba sobre o acidente

O avião Boeing 737 800 MAX tinha voado de Joanesburgo, na África do Sul, para Addis Abeba na manhã deste Domingo. A Ethiopian Airlines garante que o avião passou por uma manutenção rigorosa no primeiro check-in em Fevereiro de 2013.

A Ethiopian Airlines foi fundada em 21 de dezembro de 1945 e a sua rede abrange Europa, América do Norte, América do Sul, África, Médio Oriente e Ásia, ligando as cidades em todo o mundo.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *