Urbanização Nova Vida mais calma depois da captura do autor de roubo milionário


775 partilhas

O serviço de investigação criminal, SIC, apresentou nesta quinta-feira (27), o cidadão de 35 anos, acusado de crimes de roubos qualificados de valores monetários e artigos domésticos no projecto Nova Vida em Luanda, o mesmo vem a praticar desde 2011 e o SIC apreendeu carros de luxos, 13 computadores, 20 telemóveis, 29 relógios valiosos, 16 fios de ouros, 27 milhões de kwanzas, 40 mil dólares, 15 mil euros e 38 mil dólares Namibianos.

Em declarações à Rádio Nacional, o comandante Prata, por  sinal uma das vitimas,  confirmou ter sido alvo do suspeito que levou bens de valores de sua residência.

“Está tudo filmado a forma como ele fazia os assaltos, o jovem levava consigo coisa de grande valor quantitativo”, afirmou.

O acusado praticava os roubos estacionando a sua viatura,  e controlava os movimentos das pessoas que iam para as actividades laborais, esperando a hora que não houvesse pessoas a circular para se certificar do isolamento no local. Atirava pedras em uma das casas para certificar se alguém reagisse, caso não houvesse nada que o impedisse de entrar, saltava o muro da residência e arrombava as janelas e posteriormente praticava o assalto de jóias, dinheiros e outros objectos de valor.

Recorda-se que a detenção foi feita no dia 6 de Setembro do ocorrente ano, o jovem cujo o nome não foi revelado sera indiciado pelos crimes de roubos qualificados de valores monetários em kwanzas, euros, dólares e outros artigos de valor. Os artigos domésticos que possuía, o suposto criminoso destinava a comercialização no mercado dos congoleses.

 

 

 

 

 

 

Por: Manuela Hália


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

775 partilhas

Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *