União Europeia levanta suspensão de voos para África


Os Estados da União Europeia (UE) decidiram levantar a suspensão de voos para a África Austral de forma a permitir a retoma das ligações aéreas, que haviam sido interrompidas devido à propagação de casos da variante Ómicron.

De acordo a imprensa internacional, a presidência francesa do Conselho da UE deu a conhecer a existência de um “acordo entre os Estados-membros no IPCR (grupo de resposta do Conselho a situações de crise) que visa retirar o travão de emergência em vigor de forma a permitir a retoma do tráfego aéreo com os países da África Austral.

Publicidade

“Os viajantes desta área continuarão, contudo, sujeitos às medidas sanitárias aplicáveis aos viajantes de países terceiros”, adianta.

A medida acordada surge depois de, no final de Novembro passado, os Estados-membros da UE terem decidido suspender temporariamente voos de sete países da África Austral, devido à identificação de uma variante do coronavírus na África do Sul altamente mutante, a Ómicron. Esta variante é agora dominante em vários países da União Europeia.

A decisão foi adoptada no âmbito do grupo de resposta do Conselho a situações de crise (IPCR), que junta Estados-membros, instituições europeias e especialistas.

O travão de emergência visa fazer face a situações preocupantes, como novas variantes, o que permite aos Estados-membros o endurecimento de medidas para travar a progressão do coronavírus SARS-CoV-2.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *