SIC prende 7 homens envolvidos no desvio de mais de um bilhão e 596 milhões de kwanzas


Foram detidos dos ‘9’, 7 homens envolvidos no desvio de mais de um bilhão e 596 milhões de Kwanzas, desde 2013, pertencente as Forças Armadas Angolanas (FAA) pelo Serviço de investigação Criminal (SIC).

SIC prende 7 homens envolvidos no desvio de mais de um bilhão e 596 milhões de kwanzas

Segundo a Angop, dinheiro era desviado a partir do Ministério das Finanças para despesas correntes da Direção de Organização Militar (DOM) das FAA. Fazem parte do grupo sete civis (técnicos de informática, motorista e estudante universitário) e dois militares das FAA com as patentes de primeiro e segundo sargentos do DOM e Direção de Recrutamento Militar (DRM), ambos em fuga.

De acordo com os dados do SIC a que Angop teve acesso, os acusados tinham como móbil o recrutamento de 19 cidadãos, não enquadrados na função pública e posteriormente procediam a abertura de contas no Banco de Poupança e Crédito (BPC), em nome destes, tratavam cartões multicaixa que ficavam sob responsabilidade do grupo.

Os membros deste grupo pagavam para cada um a quantia de 40 mil kwanzas mensal. Os depósitos eram feitos via Ministério das Finanças num valor de um milhão por mês, perfazendo 19 milhões/mês e 228 milhões ano. O grupo é acusado dos crimes de associação de malfeitores, recebimento indevido de vantagens e peculato. Foram apreendidos em posse do grupo, valores monetários, viaturas, material informático, electrodomésticos, cartões multicaixas de vários bancos, Visa e telemóveis.

Durante o período em referência, e no âmbito ao combate aos crimes violentos e económicos, o SIC deteve ainda três homens, com idades entre os 23 e 30, nos municípios de Luanda e Cacuaco, por furto de acessórios de viaturas diversas para comercialização no Mercado dos Correios e outros assaltos a mão armada Em posse do grupo foram apreendidas quatro armas de fogo, quatro carros, uma motorizada, e diversos acessórios de viaturas com realces para placas, botões de elevadores e elevadores.

O porta-voz do SIC em Luanda, superintendente Fernando de Carvalho, reitera o pedido para que os utentes de viaturas montem alarmes nos veículos, para serem alertados em caso de arrombamento. Aos gestores de erário, a redobrarem a atenção em relação a transferência de valores ou depósitos em conta de terceiros, como forma de evitarem eventuais desvios.

Por: Mariquinha Matamba


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *