SIC detém funcionários da empresa de abastecimento de água por cobrança ilegal


O Serviço de Investigação Criminal (SIC), deteve nesta segunda-feira 03 de Janeiro, dois funcionários da Empresa Pública de Abastecimento de Água e Saneamento (EPAS), por efectuarem cobrança ilegal, na cidade do Luena, no Moxico.

A detenção ocorreu na sequência de uma denúncia anónima chegada à Direcção Provincial da Inspecção-Geral da Administração Geral do Estado (IGAE), que acusava os dois funcionários não identificados de cobrarem cinco mil kwanzas para substituição de uma peça do sistema de água de uma residência.

Publicidade

Por se tratar de uma violação da Lei da Probidade Pública (3/10 de 29 de Março) e do Código penal no seu artigo 357º (recebimento indevido de vantagens), em função da competência material foi entrega aos oficiais do SIC para se fazer presente ao magistrado do Ministério Público junto dos serviços de investigação criminal.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *