SIC detem 96 milhões de kwanzas sob posse de dois cidadãos chineses no Soyo


O Serviço de Investigação Criminal (SIC) apreendeu dois cidadãos de nacionalidade chinesa com noventa e seis milhões e 500 mil kwanzas (96.500.000,00) que se faziam transportar, nesta quarta-feira (14) de Outubro, no município do Soyo, província do Zaire, por suspeitas de transgressão cambial e branqueamento de capitais com destino à RDC.

O porta-voz interino da Delegação Provincial do Ministério do Interior, Luís Bernardo, falou nesta quinta-feira (15) de Outubro, em declaração à imprensa, explicando que a soma monetária foi encontrada em posse de dois cidadãos chineses que viajavam de Luanda para o município petrolífero do Soyo.

Publicidade

Segundo o porta-voz, o dinheiro tinha como destino a República Democrática do Congo (RDC), onde posteriormente presume-se que seria trocado por divisas (dólares) no mercado negro. A acção de detenção esteve a cargo dos efectivos do SIC na circunscrição. Esta é a primeira apreensão da moeda nacional que a Polícia Nacional efectua no município do Soyo, desde o princípio do ano.

Soyo é uma cidade e município da província do Zaire, situada ao norte do país, também conhecida como cidade petrolífera.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *