Presidente do Ruanda Paul Kagame deporta 18 chineses por escravizarem e se apoderarem das terras de alguns ruandeses


2.6k partilhas

O Presidente do Ruanda, Paulo Kagame mandou deportar 18 cidadãos chineses na última quarta-feira (27) de Maio, depois de ter descoberto que eles estavam a maltratar os trabalhadores ruandeses com horas anormais e falta de condições de trabalho (como escravos) e se apoderarem das suas terras agrícolas.

De acordo com o site, Zambianobserver, Paul Kagame recordou que África e os africanos são pacíficos, entretanto não toleram descriminação e muito menos serão feitos de escravos novamente.

Publicidade

“A África é um continente pacífico, não toleramos discriminação aqui ou para sermos escravos novamente. Este país é para africanos e para aqueles que significam bem para nós. Estou a instruir aqueles 18 chineses a regressarem para a China e nunca mais voltarem! Os ruandeses devem gozar dos seus direitos no seu país! que isso seja uma lição para os demais investidores chineses e outros! Respeite-nos e vamos recebê-lo com nossos bons corações”, disse o presidente.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

2.6k partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *