Polícia de Trânsito interpela mais de 30 automobilistas sem seguro obrigatório


Mais de trinta automobilistas que circulavam sem a taxa de circulação e seguro de responsabilidade civil obrigatório foram, nas 72 horas, interpelados pela Polícia de Trânsito, em Luanda.

Policia angolana

O comandante da Unidade de Trânsito, superintendente Roque Silva esclareceu que depois da multa os proprietários das viaturas foram orientados no sentido de nos próximos oito dias regularizarem a situação, sob pena de verem os seus veículos apreendidos.

Unitel Estrelas ao Palco 2019

“ Quem não estiver acompanhado do respectivo comprovativo e quem não tiver, lhe será aplicada uma multa no valor de 34 mil kwanzas e nos próximo oito dias vamos efectuar a apreensão das viaturas nestas condições”, esclareceu

O oficial alertou que para eventuais casos de extorsão de valores monetários, por parte de agentes da Polícia de Trânsito, os automobilistas devem tirar o número de identificação do polícia envolvido, e depois denunciar ao Comando da Unidade pelos terminais telefónicos, 117, 9140412 80, 914041167 ou no Guinche Único de Reclamações do Comando Geral.

Por sua vez, o porta-voz da Direcção Nacional de Viação e Trânsito, superintendente Angelino Sarrote, disse que a Polícia não esta a realizar operações “stop” especificas só para cobrar o seguro ou taxa de circulação.

De acordo com o responsável, a actuação policial tem sido feita no âmbito da actividade de fiscalização.

Frisou que “ a actividade policial não se confina só neste tipo de situação. Não estamos a fazer uma espécie de caça as bruxas, mas sim a cumprir uma exigência da lei”.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *