PGR confisca escola que foi transformada em colégio privado na Urbanização KK5000


A Procuradoria-Geral da República (PGR) determinou o confisco de uma escola primária e do I ciclo localizada na Urbanização KK5000, no município de Belas, em Luanda.

De acordo com a Angop, que cita um mandado de apreensão da PGR, o confisco foi determinado pelo Serviço de Recuperação de Activos, no âmbito do processo de investigação patrimonial pelos crimes de participação em negócios e tráfico de influência.

iPixel – Normal

Como fiel depositário, a PGR indica o Ministério da Educação (MED).

É ainda orientada a actual direcção da referida escola prestar o apoio necessário ao Gabinete Provincial da Educação de Luanda para o arranque no ano lectivo 2020.

A referida escola, com 25 salas de aulas, foi transformada, em 2016, em colégio privado.

A Urbanização do KK5000 conta com uma escola do ensino primário e do I ciclo.

O Projecto KK5000 foi desenvolvido a Sudeste da Cidade de Luanda, no município de Belas, integrando-se no desenvolvimento urbanístico da Cidade do Kilamba. Concebido para cinco mil fogos, tem a capacidade para acolher uma população estimada em 30 mil habitantes.

A província de Luanda tem 773 escolas públicas, 1.171 colégios privados e 1.497 escolas comparticipadas. Trata-se de um total de 8.841 salas de aula, o que vai permitir albergar dois milhões, 240 mil e 177 alunos. Deste número, um milhão, 107 e 308 para o Ensino Primário, 829.665 no I Ciclo, ou seja, da 7ª a 9ª classe, e 303.204 alunos no II Ciclo do Ensino Médio.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *