Pastor se suicida após partilhar fotos “comprometedoras” para membros da igreja


654 partilhas

O pastor da cidade de Limpopo, África do Sul, suicidou-se depois de ter partilhado no grupo do WhatsApp fotos intimas aos fieis da igreja invés de enviar apenas a sua amada amante, com a legenda “A esposa está longe, é toda sua essa noite”, escreveu o pastor.

 pastor-chris-oyakhilome

Membros da igreja Christ Embassy, na cidade de Limpopo, África do Sul, mostram-se indignado, chocado com a atitude do pastor ao partilhar fotos de seus órgãos genitais no grupo do WhatsApp pertencente aos fieis.

Segundo as informações divulgadas pelo Gospel +, o pastor pretendia enviar as fotos a sua amante que também era membro da igreja, envergonhado com o ocorrido suicidou-se por enforcamento na casa pastoral.

Lesego, como é conhecido por todos na igreja escreveu nas fotos uma legenda que deixou ainda mais tristes os fieis “A esposa está longe, é toda sua essa noite”.

Muitos dos membros da igreja estiveram chocado com a situação, tentaram ligar para questionar-lho mais não houve sucesso e em seguida o mesmo removeu-se do grupo, e outros já suspeitavam do estranho tratamento que havia entre o pastor e a diaconisa Miriam, que na verdade já eram amantes.

“A conduta do pastor sempre foi motivo de preocupação, ele sempre era visto na companhia da diaconisa Miriam, e nós suspeitamos que havia mais que amizade”, disse um fiel da igreja.

Outro fiel que não quis se identificar acrescentou ainda “Questionado por sua esposa e os fieis, ele minimizava as alegações dizendo que, como um pastor, era um pai para todos, Miriam era sua filha favorita”.

A mulher e os filhos do malogrado recusaram-se de dar qualquer informação sobre o caso.

 

PUB

Gostou? Partilhe com os teus amigos!

654 partilhas