Navio de Investigação Científica “Baía Farta” vai finalmente navegar sexta-feira


O navio oceanográfico angolano de Investigação Científica “Baía Farta” realiza o seu primeiro cruzeiro científico está sexta-feira (30) de Julho, para a estimação da abundância das espécies de fundo em toda a costa marítima de Angola.

De acordo com a Angop que cita uma nota de imprensa do Minagrip, o primeiro cruzeiro do “Baía Farta” resulta dos êxitos obtidos durante a segunda fase das provas de mar a bordo do navio de Investigação Científica, decorrida de 25 de Maio a 3 de Junho último.

Publicidade

Findo o período de provas de mar, o fiscalizador atestou que o navio está em condições para a realização do respectivo Cruzeiro Científico, segundo uma nota de imprensa o Ministério da Agricultura e Pescas (Minagrip).

O objectivo é “avaliar o grau de abundância do recurso para, cada vez mais, ajustar o total admissível de capturas para garantir a renovação dos recursos para usufruto de gerações futuras”, sublinhou a governante, que interveio remotamente, a partir de Roma.

O Baía Farta chegou a Angola em 2018, mas só em abril deste ano terminou a primeira fase de testes/provas do mar para aferir se estavam ultrapassadas as inconformidades e avarias detetadas ao longo do percurso Roménia (país de origem)/Angola.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *